A técnica

Joseph Hubertus Pilates, o precursor da técnica, era um alemão que sofria de raquitismo, asma e febre reumática. Para fortalecer o seu corpo frágil e minimizar os efeitos de suas doenças, estudou por conta própria e desenvolveu diversos exercícios praticados em aparelhos rústicos inventados por ele. Com o passar dos anos, aprimorou suas técnicas e se tornou ginasta e mergulhador. A técnica foi aprimorada e os aparelhos modernizados, caracterizando o método como um dos mais eficientes na promoção de condicionamento físico da atualidade.

O método Pilates tem como base, os princípios criados por Joseph H. Pilates e associa a estes, os conceitos de Rolfing, Polestar, Feldenkrais, Power Yoga, stretching, Fisioball, Gyrokinesis e outras técnicas de conscientização corporal e teorias de controle motor.


Com a certeza de que os músculos devem ser fortes e flexíveis para se manterem bonitos e saudáveis, o Pilates fortalece os músculos fracos, alonga os músculos que estão encurtados e aumenta a mobilidade das articulações. Movimentos fluentes são feitos sem pressa e com muito controle para evitar estresse. O alinhamento postural é importante em cada exercício, ajudando na melhora da postura global do indivíduo.


Assim, a força, a tonificação e o alongamento são trabalhados de dentro para fora do corpo, tornando-o forte, bonito, saudável, harmonioso e elegante.